01 setembro 2008

in someone else's shoes - (provisional) epilogue

Fazia uma pergunta sobre o próximo passo.
Foi dado, com muitas incertezas, com ainda mais convicções, mas principalmente apoiado em princípios: e estes ajudaram a encontrar o passo seguinte ao tal próximo que procurava e que tenho a certeza de ter sido o certo. Do qual muito me orgulho.
Mesmo que ainda não saiba de que me serviu...

3 comentários:

Anónimo disse...

Sem dúvida que nos devemos nortear sempre pelos nossos principios sem os quais somos homens mortos!
Espero que sejam os 42,1!
Qualquer dias saberás de que te serviu...
ACAT

Anna disse...

e agora já sabes, não é?
:-)
beijo

Cai de Costas disse...

Sei?
Vou tentando convencer-me disso.