14 setembro 2007

para que serve um blog

Não sei se existe uma definição universal: no meu caso, tenho uma, afixada no local que me parece o mais apropriado para o efeito. Na realidade, explícito ou não, cada um terá um objectivo específico para o seu, cada qual lhe dará o uso que entender.
Entender o nexo de determinadas publicações alheias não está, no entanto, ao alcance dos outros - ao meu, no caso -, faria mais sentido a transmissão daquelas ideias de modo directo, existem (e são conhecidos) canais de comunicação bem mais adequados ao envio de mensagens quando se trata de meras bocas foleiras, provocativas e - para mim, no caso - que roçam o ofensivo. Por injustas e imerecidas.
Tais textos, por melhor escritos, imaginados e caligrafados que se encontrem (nem é o caso, aqueles dedos têm capacidade para bem melhor, eu sei que já vi), constituem um verdadeiro desperdício de energia: principalmente nos momentos em que as questões por resolver são aos milhares.

Embora não registada, I aim to please é frase minha, uma afirmação peculiar de egoísmo, para o qual não terei certamente dificuldade, caso necessário, em encontrar testemunhos.
E ai de quem duvide!

3 comentários:

Me Hate disse...

Eu costumo dizer que um blog é apenas um prolongamento do self no sentido mais edipiano da palavra mas... eu sei muito pouco acerca de poucas coisas!

pensamentosametro disse...

Para mim era tão e somente um mata borrão, agora que lhe adicionei pessoas, é um mata borrão com alma, que me faz falta, que chama por mim e que cada vez vai ganhando mais importãncia, se é bom ou mau , adiante veremos.

Tita

Cai de Costas disse...

MH, eu sei que sabes mais.

Tita, mau não pode ser.