23 junho 2008

again?

Sem catástrofes a registar, o 22 continua no entanto a emitir sinais, através de pequenas ocorrências. Mais incidente que acidente, uma perna que até ao momento era perfeita, depois de contactar um escape quente - muito quente, passou a ser alvo de pomadas e cremes que tentam restaurá-la ao seu estado inicial.

Sem poder queixar-me de infortúnios, pois a perna não é minha - a minha nunca seria perfeita, posso queixar-me da sina: a responsabilidade pela queimadura foi minha, técnica e moralmente, num dia em que talvez devesse ficar estar de sobreaviso. Talvez até quieto em casa, sem tentar descobrir novos e dolorosos métodos de depilação.

Sem que tenha sido atingido directamente, será que naquela data o problema não ficou definitivamente resolvido?

2 comentários:

Thunderlady disse...

:(

Não matutes nisso.

As melhoras. Vai voltar a ficar perfeita.

Quantos 22 faltam até esgotar os 12?

Cai de Costas disse...

Não sei.
O de Junho já deveria estar resolvido: o de há um ano foi forte.