30 outubro 2007

lugares

Tantas vezes o elogio a lugares distantes deixa no esquecimento outros, bem mais perto e permanentemente à vista (à minha, pelo menos).
Esta terra, fria e húmida, à sombra do monte a que também chamam da Lua, terra de encantos, muitos recantos, caminhos escondidos, de ar secreto, ainda consegue fazer-me admirá-la em dias como hoje, em que a percorri a pé, recordando locais inalterados pelo tempo.
A minha terra.

8 comentários:

Patrícia disse...

Eu gosto da tua terra.

Thunderlady disse...

Também acho que não deve ser só lá fora que há coisas bonitas, oras!

Eu quero conhecer primeiro o meu país antes de me aventurar além fronteiras. Mas por vários motivos. O facto de ser bonito também é um deles ;)

ticha disse...

tb a minha :)

Anónimo disse...

E percorrer essa bela localidade a comer quijadas de Sintra... isso sim!!!!

Anónimo disse...

Terra de encantos, de recantos ... caminhos escondidos. Não será espelho da nossa alma?

pensamentosametro disse...

O mais grave é haver para aí um bando de idiotas que não perdem uma oportunidade enaltecer as paisagens de além fronteiras por absoluta vaidade, pedantismo e pretensiosismo, a uma dessas que não se calava com a Suíça, perguntei se conhecia Mesão Frio, respondeu-me que já não ia ao Algarve há uns anos, está tudo dito não está?

Bjos

Tita

Ps: Aqui a Tita, também adora viajar e não perde uma oportunidade, mas orgulho-me de conhecer de forma razoável, o território Luso

wednesday disse...

Tens uma terra muito bonita e povoada de sonhos. Também gosto de lá ir frequentemente. E também gosto de puxar brasa à minha terra, que tem sítios lindos por onde passar. Portalegre é um recanto e tem Marvão ali ao lado, que é deslumbrante. :)

Sofia disse...

E a minha também.