28 outubro 2008

sweet spot

A questão nem é tanto encontrá-lo, é bem mais complicado tomar consciência de que estamos perante tal fenómeno. Uma vez assimilada e ultrapassada esta questão, podemos então ir até lá e tocar-lhe, as vezes que entendermos, irá sempre funcionar (ou, pelo menos, até um dia), iremos sempre obter a reacção desejada.
Todos os temos, todos temos a capacidade para os encontrar e todos os estimulamos, com ou sem a consciência de que o estamos efectivamente a fazer, mas sempre com intenção - mas nem sempre com a melhor delas. Talvez seja esse mesmo o segredo.

9 comentários:

Thunderlady disse...

Não percebi bem uma coisa: o segredo é apenas a intenção - seja ela qual for - ou é a intenção não ser a melhor?

**

MiSs Detective disse...

romantismos?

My Space disse...

Muito enigmático, ao que leio... muito tu, ptt ;-)

Cai de Costas disse...

S&B: a intenção, boa, de preferência.

Cai de Costas disse...

Ptt, sim.

S&B disse...

Agora já posso reler com outro tom de voz :)

Cai de Costas disse...

Agora tens que explicar o AMP...

Anónimo disse...

Poderão haver também os casos em que a boa intenção nos leva a desincentivar... quando a reacção vai além da desejada.
b.m.

S&B disse...

:s Não faço ideia. Era para ser apenas S&B :(

Bom fim de semana