25 março 2008

umbigo

De repente, tem-se vida. Passa-se de um monótono nada para um apressado quase tudo (sorrindo apenas e fazendo quase nada...), perde-se o tempo para ler as notícias e os ecrãs habituais, deixam-se passar novidades e, quando se tenta reler e recuperar a actualidade depois de semanas de clausura egoísta, perderam-se os fios das meadas que costumávamos conhecer.

Para já, tenho a leve impressão de que existe uma escrita que tenho que colocar em dia, questões de demografia que quero esclarecer. E, caso esteja certo, congratular e celebrar.

3 comentários:

wednesday disse...

Nada que uma dedicação extra não resolva. E depois há ainda o facto de descobrir aquilo que não conhecemos. É quase como que emigrar e depois voltar e ver como tudo andou. Cá te esperamos nessas tuas escritas!

Mim disse...

:)

MiSs Detective disse...

hummmmm sempre muito misterioso!