27 janeiro 2009

querido diário

Faz tempo que não deposito nenhum dos meus segredos aqui nestas tuas páginas.
Faz ainda mais tempo que não tenho segredos decentes para aqui depositar, daqueles que alguém goste de ler. Ou antes... até tenho, mas olha, são mesmo segredos, daqueles mesmo secretos, e escolho não os compartilhar - contigo, claro, que eu não sou do género de guardar segredos, há sempre quem os oiça ou leia.
Mas espero que um dia, que eu prefiro surja em breve, eu tenha segredos para contar, daqueles segredos que podem mesmo ser contados e que eu gosto mesmo de contar. Que eu prefiro seja um daqueles segredos que te faça saber que me aconteceu - ou que me foi possível acontecer - aquilo que eu tanto espero.
É verdade que quem espera, desespera; mas é também verdade que quem espera sempre alcança, e dos dois ditados eu escolho o segundo. Porque eu sei que mereço.


Até breve.




Este post ficou um bocado para o gay... fez-me pensar que o título até poderia ser "se eu fosse gaja até que escrevia uns posts engraçados"

3 comentários:

Thunderlady disse...

"Querido diário"?

Ficou engraçado ;)

Pois que alcances o que esperas sem desesperar e depois, se preferires, guarda para ti na mesma.

De qualquer modo podes ter aqui um ponto de fuga.

*

ZeM disse...

Querido cai de costas...
Faz tempo que não te pago o almoço...
Faz ainda mais tempo que não me pagas o almoço...
Mas espero que um dia, que eu prefiro surja em breve...
É verdade que quem espera, espera.
Até breve

ps: isso do gay é problema teu...

Cai de Costas disse...

ZeM, temos que resolver esse problema. E pronto, eu pago.